29 de agosto de 2009

Ecologia lucrativa

Antes de mais quero esclarecer que, apenas e só as preocupações ambientais me levaram a escrever este artigo, nenhum interesse pessoal me liga às empresas que são mencionadas aqui e que o meu intuito é apenas o de fazer chegar, ao maior número de pessoas, uma informação que considero importante para que todos juntos possamos começar, cada vez mais, a contribuir para o bem estar desta casa que nos é comum e que se chama Planeta Terra.
Voçê é daqueles que tenta sempre que possível rentabilizar as suas economias?
Se assim for, com certeza já reparou que o mercado bolsista já conheceu dias melhores, que os certificados de aforro já pouco aforram, que os PPR e outras siglas que tais já não rendem o que rendiam, enfim, parece que a crise global arrasou o pequeno investidor, não é?
E seu eu lhe disser que existe um produto, fora do mercado financeiro, que lhe garante um lucro de 200% a 15 anos?
Sente-se tentado?
Mais tentado se devia sentir se eu lhe disser que através desse produto você está não só a lucrar financeiramente, como ainda está a fazer o Mundo inteiro lucrar em termos ambientais.
Estou a falar das soluções de produção de energia eléctrica através dos equipamentos solares fotovoltaicos. Através do site da EDP poderá colher todas as informações relativas a estes produtos e solicitar que as empresas associadas a este projecto se desloquem a sua casa para verificarem in-loco as condições de instalação, prestarem esclarecimentos e elaborarem orçamentos.
De forma abreviada dir-lhe-ei desde já que estamos a falar dum contrato a 15 anos e de um investimento na ordem dos 18.000€ (é dinheiro !). No entanto, esta solução de energia solar tem uma capacidade de produção mensal média de 300€, que é automaticamente vendida para a rede pública.
As contas são pois fáceis de fazer, nos primeiros 5 anos o produto paga-se a si mesmo, e nos restantes 10 poderá lucrar qualquer coisa como 36.000€ (também é dinheiro, não ?)
Após tantos anos a reclamarmos da falta de projectos ao nível das energias alternativas, parece-me que agora já não há motivo nenhum para, pelo menos, não darmos um primeiro passo no sentido de nos informarmos dos inúmeros serviços que já temos ao nosso dispor e que inclusive nos podem favorecer financeiramente.
Vá, informe-se, não custa nada e o Planeta agradece.

6 comentários:

  1. Eduardo Parece que combinamos... Tem de ver o post que fiz no "Sustentabilidade é Acção". Só que eu, foi mais a descobrir os podres...
    Parabéns pelo seu blogue e aqui ficarei como seguidora.

    ResponderEliminar
  2. Pois parece que sim.
    Já fui ao Sustentabilidade e desta vez já me tornei seguidor (ando a gatinhar nestas andanças bloguistas ... não confundir com bloquistas !). Faz bem em mostrar os podres, assim como me parece importante chamar a atençao para o que de bom já vai havendo. Neste artigo tento chamar a atenção das pessoas pelo aspecto financeiro, que parece o que mais as move. Pode ser que assim venham a aderir á causa ecológica. É preciso é que adiram, ainda que entrem por "portas" menos nobres.

    ResponderEliminar
  3. Olá Eduardo o nosso (da mana) blogue, tem tido a tarefa de chamar a atenção para o que há de bom, mas como costumo ouvir estas entrevistas, que pouca gente ouve à tarde na TSF, fico revoltada e tentei chamar a atenção. De resto até acho que dão pouco ouvidos a estas matérias. Quanto ao seu blogue, continue, pois é altruísta, isso da chamada de atenção para a causa ecológica.
    Gostei do comentário que fez ao Durão no CN. :))
    Bom domingo para si e seus.

    ResponderEliminar
  4. Se quiser ver um blogue espectacular não sei se se é dum jurista, tem um filme do Durão no tempo do mini, vá ao meu perfil e clique em taberna constipada... além de muita cultura, é asneirada a dar com um pau e de partir a rir... O homem não pára de escrever, é a doer, mas tem muita piada... eu nunca vi nada assim! :))

    ResponderEliminar
  5. Cada vez que vejo o "cherne", invariavelmente lembro-me desses tempos ... do PREC, coisa que eu, na altura, nem entendia o que era.
    Obrigado pelas palavras de incentivo ao meu blogue, vou ver se durante a semana vão saindo mais coisas. Ao fds refugio-me no Alentejo e a net móvel por aqui é muito lentinha, como tudo o resto aliás ... felizmente !

    ResponderEliminar
  6. Isso é o que eu chamo, o verdadeiro sortudo.
    Estou neste momento e simultâneamente a ver o Alentejo no canal 2. Continuação de bom fim de semana. Entretanto vou a vendo o blogue "Fotógrafos de Elvas", para consolar a vistinha desse belo Alentejo, eles são uns masters em fotografia. Vale a pena! :)
    O Cherne, pra lá com ele!...

    ResponderEliminar