22 de fevereiro de 2010

Gestores Públicos, vulgo BOYS !


A lista que abaixo apresento, refere-se a um conjunto de cargos de Presidentes/Administradores de empresas públicas, ou de capitais maioritariamente públicos, e que foram empossados nos cargos já no período de governação Sócrates.
Quanto aos valores salariais em causa não vou emitir qualquer comentário, deixo isso para a consciência de cada um, mas não quero deixar de salientar duas questões que me chamaram particular atenção enquanto reunia esta informação.

1) A esmagadora maioria dos nomes que aparecem nesta lista, são de elementos com ligações directas ou indirectas ao PS.

2) Boa parte destes Presidentes/Administradores já manifestaram publicamente a necessidade de congelamento no aumento de salários, ou até mesmo redução dos mesmos, bem como a necessidade de recorrer aos despedimentos para equilíbrio das contas das "suas" empresas.

Elaborei esta lista com base num artigo do Jornal Sol de 22 de Janeiro de 2010. Tive o cuidado de esperar até este momento, cerca de um mês, para ver se surgia algum desmentido relativamente a esta informação. Como tal não se verificou, aqui deixo esta informação, onde acrescentei ao valor dos salários a data em que os nomes foram empossados nos cargos, de forma a poder constatar-se que os mesmos ocorreram durante o ultimo governo do PS.

Mata da Costa: Presidente dos CTT, 200.200 Euros
Eleito em Abril 2008

Carlos Tavares: CMVM, 245.552 Euros
Eleito em Setembro 2005

António Oliveira Fonseca: Metro do Porto, 96.507 Euros
Eleito em Março 2008

Guilhermino Rodrigues: ANA, 133.000 Euros
Eleito em Abril 2008

Fernanda Meneses: STCP, 58.859 Euros
Eleito em Abril 2006

Joaquim Reis: Metro de Lisboa, 66.536 Euros
Eleito em Novembro 2007

Luís Pardal: Refer, 66.536 Euros
Eleito em Outubro 2005

Amado da Silva: Anacom 224.000 Euros
Eleito em Junho 2006

Faria de Oliveira: CGD, 371.000 Euros
Eleito em Janeiro 2008

Pedro Serra: AdP, 126.686 Euros
Eleito em Maio 2005

José Plácido Reis: Parpública, 134.197 Euros
Eleito em Junho 2007

Cardoso dos Reis: CP, 69.110 Euros
Eleito em Junho 2006

Vítor Santos: ERSE, 233.857 Euros
Eleito em Dezembro 2006

Fernando Nogueira ISP 247.938 Euros
Eleito em Setembro 2006

Guilherme Costa: RTP, 250.040 Euros
Eleito em Janeiro 2008

Afonso Camões: Lusa, 89.299 Euros
Eleito em Abril 2009

12 comentários:

  1. Por curiosidade: porque é que o Metro do Porto paga mais que o de Lisboa?
    Haverá algum critério?

    ResponderEliminar
  2. Deve ser por causa da Estação da Casa da Música !

    ResponderEliminar
  3. Ena ... isto já não é um tacho, é uma panela de pressão!
    Quanto à dúvida dos "bencimentos" do Metro do Porto, eu cã não sei mas se o administrador "tamém biber em Paris como a outra", está explicado o mistério!

    ResponderEliminar
  4. A ler isto até perco o apetite. Os amigos são muitos e o pior é que não param de crescer! Bela Imagem!!!!! É isso mesmo...

    ResponderEliminar
  5. E sabem o que me desanima ainda mais ?
    É que eu fiz um post onde me dei ao trabalho de andar a ver quais os que tinham sido empossados no governo PS.
    Mas "amanhã", se quiser ser coerente comigo mesmo, sou bem capaz de ter de fazer outro post com os que foram empossados no governo PSD que aí deve estar para vir.

    Porra pá ! ainda que contra a nossa vontade ou ideologia, acho que é hora da malta votar noutros. Não se trata de votar de ânimo leve, antes pelo contrário, trata-se de votarmos em consciência e tirarmos o tapete a este centralão que nos tem chupado até ao tutano.

    Já o fiz nas Europeias, tenho-o feito desde há muito nas autarquicas, fi-lo nas ultimas legislativas e hei de continuar a fazê-lo enquanto não houver alguém deste centralão que me leve a reconsiderar o meu sentido de voto.

    Social Democrata me confesso, mas com um centralão destes, não me apanham a cruzinha !

    Puta que os pariu !

    ResponderEliminar
  6. Menino Eduardo, então? Que é lá isso? Mau ... isto assim não pode ser.
    Imagina que lá pelo Rato ou pela S. Caetano à Lapa alguém se lembrava de um de nós, coisa altamente improvável mas que se admite em teoria ... é evidente que um bom nomeado precisa dum razoável adjunto ou assessor ... ora eu tinha cá congeminado com os meus botões que sendo eu nomeado, convidava o amigo para adjunto com a certeza que também o meu futuro adjunto poderia ter um assessor que isto cá os dois havíamos de ser só para as grandes questões. E tudo isto na certeza que se fosse a inversa, adjunto era o mínimo que me calhava na rifa.

    Agora com este protesto assim, complica-se a coisa. Tino, é preciso tino ... ops, ó diabo, agora me lembro que isto está publicado e qualquer um que leia isto ainda pensa que andamos aqui os dois como o Vara atrás de robalos ou o Loureiro de coisas de Porto-Rico!

    Pois, tens razão Eduardo, estes gajos dão-nos cabo disto tudo, se calhar nas próximas nem voto, eles que vão para o carago ...

    ResponderEliminar
  7. Esses cargos, meu bom amigo FP, tenho-os eu já guardados para nós dois, ainda que numa dimensão ligeiramente inferior, mas em compensação com um projecto, num ambiente e num espaço que nos dará muito mais satisfação.
    Onde ? pergunta o meu bom amigo.
    E eu digo-lhe que será à frente dos destinos, daquele cantinho com uma história única neste país, e onde há que ser "Ratão" para lá chegarmos na altura certa.

    Aceitas FP ?
    O projecto é para levar a sério, não é para brincadeiras, mas ainda assim com o objectivo de passarmos ali uma bela e merecida reforma, hem ?

    ResponderEliminar
  8. Já se começa a separar bem o trigo do joio! Agora não percebo, porque é que apesar de se saber destas coisas há imenso tempo, os portugueses, os poucos que votam, traaaaapta, sempre nos mesmos!

    ResponderEliminar
  9. Os pobres irmãos metralha é que acabavam sempre mal!

    ResponderEliminar
  10. Ó Paulo, oxalá isso seja premonição :-))))

    ResponderEliminar
  11. Vamos a isso, meu caro!
    Não sei bem para quê, mas eu num amigo feita desta cêpa confio às boas ...

    ResponderEliminar
  12. Ora não sabe ?
    Então aquela Junta está mesmo a precisar destes 2 espécimes a coordenar aquilo FP.
    Não se vê logo ?

    ResponderEliminar