27 de fevereiro de 2012

Fim.


Como tudo na vida, há um princípio e um fim.
No dia 27 de Agosto de 2009, dei inicio a este meu querido projecto do "chegateaqui", hoje, dia 27 de Fevereiro de 2012, 30 meses depois, tomei a decisão, ainda que difícil para mim, de colocar um ponto final neste projecto.

A todos os que comigo partilharam opiniões, saberes, alegrias, desabafos e até disparates, o meu muito obrigado.
Um blogue sem seguidores e/ou comentadores não é um blogue, é, quanto muito um diário pessoal ou até mesmo um exercício de narcisismo.
São os seguidores e comentadores que dão sentido ao blogue, e o "chegateaqui" não fugiu à regra.

Obrigado a todos, e até qualquer dia ... vou andando por aí !

Eduardo Miguel Pereira.

36 comentários:

  1. Olha Eduardito, ias-me fazendo cair! É que parei de repente!...
    Fim?!
    Mas que FIM?
    Tenho andado com muito pouca disponibilidade, mas passava sempre pelo "chegateaqui". Eras de passagem/paragem obrigatória, ou não sabes isso?

    Vais pensar melhor, ok? Prometes? Sei que sim.

    Beijinho e livra-te de fugir.

    ResponderEliminar
  2. Então Eduardo, decisão abrupta ou falta de disposição?

    Todos temos os nossos momentos.

    Vai aparecendo, já estava a contar com a tua amizade.

    Um abraço, até sempre,
    António

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo Nunes, a decisão é tudo menos abrupta.
      Acima de tudo, a decisão prende-se com falta de disponibilidade, mais até que falta de disposição, e também com a necessidade de arejar um bocado.

      Manter um blogue, nos termos em que eu entendo que dever ser mantido, é algo que nos obriga a um dispêndio diário de tempo, de análise, de leitura, em suma, de disponibilidade que hoje em dia, por mais que eu queira fazer esticar o tempo, simplesmente não tenho.
      E por causa dessa falta de disponibilidade o blogue passou a ser um foco de tensão para mim, porque me sentia obrigado a aqui vir, e dizer o que entendia que tinha para dizer, e dava por mim sem tempo para o fazer em condições.

      A vida desportiva do meu filho obrigou-me a uma mudança radical no dia-a-dia para a qual não estava preparado. E como antes de ser "blogger" ou de andar nas "lutas" que tanto prezo, sou acima de tudo Pai, a opção acabou por ser a de optar, com naturalidade pelo acompanhamento do rapaz.

      Tenho pena de deixar o blogue. Muita pena, mesmo.
      Mas tinha de ser.

      Não digo que um dia não volte, quem sabe noutros moldes, mas por agora a "cria" não me deixa outra saída.

      Obrigado pelas palavras amigas, Nunes.
      E conte lá com a amizade, que essa não se esfuma por deixar de aqui vir.

      Eu vou continuar a visitar os blogues da "malta" e a deixar lá umas bocas.

      Eliminar
  3. Parente,

    Terás todas as razões do mundo para tomares esta decisão, mas ao toma-la vais de encontro ao que pretendem os diogos feios detes mundo http://www.jn.pt/PaginaInicial/Politica/Interior.aspx?content_id=2160953
    calar quem tem voz.

    Parentão tambem eu estou cansado, tambem eu me sinto enganado e roubado, mas por muito que nos custe não podemos deitar a toalha ao chão.

    Um dom dos ALENTEJANOS é sua capacidade de sofrimento.

    Abraços
    e tem calma

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Parente amigo, Alentejano malino dos sete costados.
      Se leres a minha resposta ao comentário anterior, do Nunes, já ficas com uma ideia do que me "obrigou" a esta decisão.

      Tenho feito deste espaço, um espaço de luta, cá à minha maneira, se calhar um bocado parva e ingénua, mas ainda assim, de luta pura e dura.
      E mais lutas irei travar, com certeza.
      Não te vou dizer que a minha decisão não tenha sido influenciada, também por algum desânimo e desgaste com a actual situação, porque foi, tenho de admiti-lo, mas foi acima de tudo por causa do "gaiato", que para além de continuar a ser um aluno de excelência (valha-me isso, que a crise isso ainda não me roubou) se tornou em atleta de alta competição e que nos obriga (a mim e à Mãe) a um esforço do "cacete" para o carregarmos para os treinos e para as competições.

      Não tenho tempo nem para me coçar, parente !

      Mas tu sabes bem o que me custa largar o blogue ?
      Eu nem me passava pela cabeça o que isto me ia custar, pá !
      A sério. Até me danei comigo mesmo por estar tão agarrado a isto.

      Um dia destes, quem sabe, eu não volte ...

      Eliminar
    2. Parentão,

      Estive tentado em não te responder para não caires da tentação de responder, mas não respondas.

      Balançar entre o dar apoio ao Filhão e chegateaqui não faz sentido nenhum.

      Que tenhas tudo de bom e que o Filhão seja mesmo campeão seria uma honra para os todos os Baleizoeiros.

      E, 25 de Abril Smepre

      Abraços

      Eliminar
  4. Subscrevo, integralmente, o que diz o Bolota.

    "Deitar a toalha ao chão"? Tu?

    Não te imagino a desistir, nem pensar.

    Beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Teresinha, tu que és uma das mais "velhinhas" frequentadoras deste antro de má vida que é o meu blogue, sabes bem o quanto eu amo isto.

      Mas deixa-me só dar-te uma ideiazinha do que é o meu dia-a-dia neste momento.

      5:15 acordar, porque o jovem Triatleta tem de estar às 6:00 na piscina a nadar. De 2ª a 6ª, sem falhar !
      Ás 8:30 tenho de estar sentadinho ao "batente" a dar nas teclas e a puxar pela massa cinzenta, que isto da vida de informático não é pêra doce.
      Ás 18:00 (quando consigo sair do trabalho a horas decentes) há que carregar com o jovem para a pista de atletismo, e só de lá saio perto das 20:00 (altura que aproveito para também eu dar as minhas corridas).
      Ao fds, ou há provas e corro o país de norte a sul com o atleta, ou se não há, lá tenho de levá-lo logo pela "madrugada" de Sábado para o treino de ciclismo que dura até ao meio-dia (e aqui também eu aproveito para umas pedaladas, cá por minha conta, que eu já não tenho andamento para aquelas "bestas" dos atletas do clube do meu filho).

      Pelo meio ainda tenho de ser marido, pai, filho, cunhado e amigo ...
      Blogues ? escritas ? pensamentos ?
      Eu querer queria, mas não aguento mais !
      Não dá !

      Tenho tanta pena, Teresinha. Gostava tanto de preparar os textos para vir deixar aqui, e de poder passar as minhas ideias e opiniões, mas então ... tu já viste bem o tempo que NÃO tenho !

      Eliminar
    2. Eduardito,

      Velhinha, dizes bem! Sigo o "chegateaqui" desde o início. Contudo, e embora com muita pena, compreendo que a tua opção só podia ser essa.
      Como também considero que acima de tudo estão os filhos, compreendo a decisão que, tenho a certeza, vai ser temporária.
      O que interessa é que continues a ser o Pai presente, companheiro, cúmplice, o companheiro que o nosso atleta (pensas que é só teu?) tanto necessita para levar o seu sonho por diante.

      Desejo-vos tudo de bom.

      Um grande abraço para ambos.

      Eliminar
  5. Olá Edu, meu bom e querido amigo,

    Vou sentir a tua falta... já que te acompanho desde o início. Compreendo perfeitamente o que se passa contigo e considero desgastante, da forma como colocaste as coisas. O melhor para ti e para vós é o que desejo.
    Qualquer coisa de que precises da minha parte, sabes como me contactar.
    Um grande beijo para ti, para o Miguel e para a Susana da nortenha desvairada! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fada, minha seguidora nº1 ... mais que isso, minha amiga.
      Obrigado por tudo.
      Como diz o outro "vou andar por aí" !

      Um grande abraço também aí para a tua rapaziada. Este ano tenho de ver se arranjo tempo, numa das idas aí ao norte para as provas do Miguel, para finalmente ir conhecer a tua Oficina.

      Tenho de preparar um valente "casqueiro" alentejano e um tintol, que das chouriças tratas tu ! eheheh

      Beijos e abraços para vocês todos.

      Eliminar
  6. gostava de te ver por cá. Os teus comentários ajudaram.me.
    A vida vai-nos ensinando.
    Agradeço-te pela amizade e a partilha, pelos temas e por tudo quanto durante estes meses nos habituaste a ler aqui.
    Um abraço para ti e se quiseres vai passando. Dá-nos notícias e cultivaremos essa árvore da amizade.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo Luís,

      eu quero ver se vou mantendo as visitas aos blogues amigos, e deixando lá um ou outro comentário.
      Também vou sentir, e muito, a tua falta, os teus sábios e sensatos comentários.

      Abraço amigo.

      Eliminar
  7. Ohhhhhhhhhhh..................... Esta agora, apanhou-me desprevenida!
    Reconsidere, por favor.

    ResponderEliminar
  8. Nem que seja um texto de vez em quando...

    ResponderEliminar
  9. Eduardito,

    Não te zangues comigo. Só passo para vos dar um abraço, a ti e ao teu atleta.
    Tudo de bom para vós.

    ResponderEliminar
  10. Lamento sempre um blog que acaba, mesmo que eu seja uma das grandes culpadas pois, para manter o meu, nunca ou raramente consigo comentar os dos outros...
    E que tal dar umas férias ao blog? É só uma sugestão... quem sou eu para dar conselhos?
    Um abraço!

    ResponderEliminar
  11. Olá Eduardito,

    Passo só para vos desejar uma boa Páscoa.

    Ah! E não comas muitas amêndoas, ok?!

    Guloso, tu?!

    Abraço.

    ResponderEliminar
  12. Queridas amigas, Relógio.de.corda; Teresinha e Maria João, passei aqui pelo blogue para limpar as teias de aranha, abrir as janelas e arejar isto um bocado :-))))
    E eis que me deparo com estas vossas doces palavras.
    Custou-me muito fechar portas, e tenho dias em que, movido pelas injustiças diárias a que somos sujeitos, me dá umas ganas de aqui vir gritar bem alto o que me vai na alma.

    Mas o tempo que é tão escasso ...

    Obrigado pelas vossas carinhosas palavras, desejo-vos uma boa Páscoa, com muita saúde e alegria.

    Querem lá ver que um dia ainda volto às lides ...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eduardito,

      Olá!
      Obrigada pelos teus votos.

      Voltar às lides?
      Querem lá ver que não tenho dúvida nenhuma?!

      Acompanha o teu atleta, que é o mais importante, e...?

      Nós aguardamos. Como vês, não desistimos!

      De vez em quando continua a abrir as janelas. É muito provável que nos encontres aqui, a espreitar.

      Abraço grande.

      Eliminar
  13. Eduardo

    Faço minhas as palavras da Maria João Brito de Sousa! E apesar de as visitas não serem frequentes, sempre gostei de vir aqui dar uma espreitadela!

    Mas sei bem o que é esse cansaço, quantas vezes estive por um fio... até um dia, que o fio rebenta.

    Espero que reconsidere e nos mime de vez em quando com esses textos por vezes divertido, por vezes cáusticos, por vezes sentidos, por vezes poéticos! Se não, vamos ficando por aí, e até breve!

    Um grande abraço

    ResponderEliminar
  14. Ai as lides?!
    Que falta fazes nas ditas

    Abraço grande, Eduardito.

    ResponderEliminar
  15. Um bom dia para amanhã.
    Festeja, ao menos isso!

    Abraço grande.

    ResponderEliminar
  16. Olá Eduardito,

    Passo só para te desejar um óptimo fim-de-semana.

    Abraço, Amigo.

    ResponderEliminar
  17. Este blog tem muito interesse.
    Vejam também www.anticolonial21.blogspot.com

    ResponderEliminar
  18. Olá Eduardito,

    Boa semana.

    Não me esqueço de ti? Não! Dificilmente esqueço os amigos, mesmo que virtuais.

    Abraço.

    ResponderEliminar
  19. A Censura anda muito activa nos comentários dos blogs. Espero que deixe passar este comentário.
    Em www.anticolonial21.blogspot.com está a verdade inconveniente sobre a cópia de partes de «Cette nuit la liberté» por Miguel Sousa Tavares para o livro «Equador».

    ResponderEliminar
  20. Eduardo

    Peço desculpa por interferir neste seu espaço, tanto mais que já vi que só aqui vem raramente mas, à semelhança do que fiz com outros amigos, venho falar de um post que uma "amiga comum" colocou no seu blog e que se dirigia a mim.

    Trata-se do post intitulado "Amigos?!" que a Teresa Santos (do "teresaeascronicas") colocou no passado dia 6.

    Nessa ocasião a Teresa não mencionou a quem se dirigia o post mas eu, ao sentir-me tão emocionada e feliz por verificar que mesmo neste espaço virtual há Amizade, não podia deixar de vir pessoalmente agradecer a cada um de vós (aqueles que lá comentaram) as palavras amigas, de ânimo, de melhoras e de conforto que me dirigiram.

    E, como diz o ditado, "o amigo do meu amigo meu amigo é", será assim que o considerarei e passarei a visitá-lo, pode ser que algum dia volte..., o que farei com toda a minha amizade e admiração.

    Já me encontro em casa, numa recuperação lenta e dolorosa mas que está a evoluir bem.

    Aproveito para lhe agradecer os votos de melhoras e enviar-lhe um abraço amigo.

    Tétis

    ResponderEliminar
  21. Estamos (estou) à espera do prometido regresso.

    Descansa/medita o tempo necessário, mas...?
    ... mas volta.

    Beijinho.

    ResponderEliminar
  22. Amiga Tétis, agora fiquei arrependido de ter estado tanto tempo sem vir "limpar as teias de aranha" ao blogue, e com isso não lhe ter respondido mais cedo.

    Antes de mais, espero que as melhoras tenham sido totais e que esteja totalmente refeita da maleita.
    Depois, confessar-lhe que também eu, durante o tempo em que a "bloga" fazia parte significativa do meu dia, senti precisamente essa amizade (virtual ?) a que se refere. De tal forma que hoje, alguns desses amigos fazem parte do grupo de pessoas com quem vou falando e desabafando com alguma regularidade, sobre os mais diversos temas.

    Um grande abraço também para si.

    Quanto a ti Teresinha, sempre te digo que na forja está não um regresso, mas sim ... dois !!!
    Não há fome que não dê em fartura !!!
    E mais não digo ... segredo ... uuuuiiii !!! muito segredo !!!! eheheheh
    Curiosa ?
    Cuidado ... Curiosity Killed The cat !!! ehehehe

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Eduardo

      Eu sou um pouco como a nossa amiga comum, a Teresa, teimosa até dizer chega!...

      E é por esse defeito ou feitio, como preferires (desculpa tratar-te por tu mas é mais fácil a comunicação), que aqui estou de novo para agradecer não só este comentário que aqui deixaste a mim dirigido, como o outro no "Curtinhas".

      Sei que abandonaste temporariamente, nada é definitivo nesta vida, a "bloga" mas que prometes voltar em grande. Espero que quando isso acontecer me possas incluir naquele grupo de amigos com quem falas. Isto porque, a julgar pelo teu blog e por seres amigo da Teresa, suscitou em mim uma admiração e amizade por ti que me levam a adivinhar a pessoa boa, íntegra, animada (fundamental nesta vida) e amiga do seu amigo que és.

      Aproveito para te dizer que tenho dois blogues Um Farol chamado Amizade., o mais velho e o principal e Curtinhas do Farol, aquele que chamo o filho do Farol. Estes dois blogues não são só meus, partilho-os com 2 amigos, Argos e Poseidón (e daí o facto de aparecerem neles três idiomas, português, espanhol e francês) e publicamos alternadamente, tendo sempre o cuidado de colocar o nome do autor do post na parte final para os nossos amigos saberem a quem se estão a dirigir nos comentários. De qualquer forma, como somos um grupo, será irrelevante se alguém comenta num post de um dirigindo-se a outro, a mensagem vai sempre parar ao destinatário certo.

      Quanto à minha saúde, infelizmente a recuperação vai ser demorada mas estou esperançada que tudo vai acabar em bem, como nos contos de fadas!...

      Bem, espero que desta vez não demores muito a vir limpar as teias de aranha da tua "bloga" e que leias esta minha mensagem.

      Um beijinho desta nova amiga

      Tétis

      Eliminar
    2. Eduardito,

      Ai é?
      Uau, que bom!

      Curiosa é pouco!

      Chegou a minha vez de sair da blogosfera, o que não me impede, obviamente, de visitar os Amigos.

      Deixa-te de segredos, e avança com o projecto.

      Beijinho.

      Eliminar
    3. Olá Eduardo

      Passando de novo para verificar se as teias de aranha já foram limpas desde a última vez que aqui estive. Mas parece-me que o meu amigo anda muito mandrião no que toca a limpezas...

      Como eu disse num comentário atrás, nada é definitivo e por isso aqui temos a prova nesta mensagem da nossa amiga Teresa. Em 5 deste mês ela disse que agora era a vez dela, que ia sair da blogosfera, etc., etc., etc... Tretas!... No dia 15 já estava de regresso... Outra que não passa sem a "bloga" e sem o carinho dos amigos. Estou esperançada que contigo aconteça brevemente o mesmo.

      Beijinhos

      Eliminar
  23. Vamos lá saber, menino Eduardinho, quando é que este "Fim" tem fim?!

    Ui, que canseira! Vir aqui n vezes e bater com o narizinho na porta? Acha bem?

    Beijinho

    ResponderEliminar
  24. BOM ANO, se puder... ou se deixarem.

    ResponderEliminar