6 de junho de 2010

Fundo Marinho em perigo.

Por favor, percam (ou ganhem, quem sabe ?) 5 minutos a ver com atenção este vídeo.
Divulguem-no o mais que puderem.
Sempre que forem comprar peixe (em especial : Tamboril, Peixe Espada preto, Marlonga negra, Alabote e Peixes vermelhos) informem-se o mais possível sobre a sua origem, e caso suspeitem que possam ter sido capturados desta forma, não comprem, por favor !
Ajudemos todos a acabar com este flagelo.
Façamo-lo por nós, pelos nossos filhos, por todos os que cá estão e que ainda virão a estar.




10 comentários:

  1. Uma esperança... será assim tão remota?!
    Gostaria que desses uma espreitadela ao projecto Vénus. Pelo futuro dos nossos filhos. Se te quiseres inscrever nesse movimento, que se vem alargando há anos, diz que eu dou-te o link de inscrição.
    Foi-me dado por um prof. universitátio em ciências sociais. Open mind e nada de pressas. Está relacionado com um artigo que escrevi nas NL há uns tempos e que está no FB no meu perfil, como Revolução Ética. Basta procurar,

    ResponderEliminar
  2. .
    Olá Eduardo,

    Como publiquei esse vídeo no Dia da Biodiversidade, no Restolhando, para compensar e animar, publiquei hoje no FB o que se tem feito na Arrábida para reverter a situação e, no processo, descobriram-se 220 novas espécies marinhas, e que também pode ver aqui: aeiou.expresso.pt/as-novas-pradarias-no-fundo-do-mar=f577042

    Um abraço:))

    ResponderEliminar
  3. Fada, estou a ver o video aos "buchechos", mas é para lá de interessante. Obrigado pela boa informação.
    Deixa-me ver tudo e depois ainda havemos de falar sobre este assunto.

    ResponderEliminar
  4. Olá Maria Josefa.
    É um vídeo que deve servir de chamada de atenção muito grande para todos.
    Quanto à Arrábida, também já por aqui tinha feito menção dessa boa notícia (http://chegateaqui.blogspot.com/2009/12/regeneracao-da-vida-marinha-na-arrabida.html).
    Aliás, sou um apaixonado pela Arrábida, e pelo mergulho naquele paraíso.
    No FB tenho lá umas fotos dum dos meus mergulhos por lá. É um encanto ver a forma como ali se deu a recuperação da vida marinha.

    ResponderEliminar
  5. Já tinha visto no Sustentabilidade da Manuela, mas agora fiquei a pensar que no fim de contas é o excesso de alimentos que consumímos (sem necessidade) que está na origem de tudo isto; quer queiramos quer não, é a gula o nosso pecado maior.

    ResponderEliminar
  6. Olá Eduardo

    Parece-me que o Paulo tem uma boa parte da razão. Devíamos comer o que precisamos, e só lucrávamos com isso. Mas também, a pesca tomou proporções insustentáveis e estúpidas. E com muitas vidas aquáticas desperdiçadas pelo meio!
    Um abraço

    ResponderEliminar
  7. ...consumimos e estragamos!

    (hoje estou um pouco danado)

    ResponderEliminar
  8. E as baleias a desaparecer porque morrem de fome!!!
    Isto é de ume pessoa dar em doida!

    ResponderEliminar
  9. Estragamos desmesuradamente Paulo. E é esse o maior problema. Aconselho o vídeo que a Fada aqui deixou no 1º comentário, porque expõe de forma categórica essa questão.

    ResponderEliminar
  10. Morrem as baleias, vítimas destes "tubarões" terrestres !

    ResponderEliminar