4 de setembro de 2009

Obrigado Ponte de Sôr, o País agradece.

Felizmente que, aqui e ali, vão surgindo bons exemplos daquilo que urge ser feito em Portugal ao nível da Educação e Cultura.
Mais uma vez, é através de uma iniciativa do poder local que a obra surge.
Estou a referir-me ao excelente projecto “Centro de Artes e Cultura de Ponte de Sôr/ Centrum 7Sóis7Luas”, que será inaugurado amanhã em Ponte de Sôr.
Este centro foi construído na antiga Fábrica do Arroz, ocupa um espaço de 10.000m2, e tem como objectivo ser um espaço multidisciplinar de âmbito cultural.
Para o efeito, esta infra-estrutura albergará, auditório, anfiteatro, oito ateliers, cinco salas de exposição e um espaço verde com jardins móveis do Arquitecto Leonel Moura.
Contará ainda com espaços para residência temporária de artistas, á imagem do que já acontece em vários países Europeus, onde a preocupação com a cultura assume particular importância. A infra-estrutura compreende também diversos serviços dedicados à cultura, arte contemporânea, passando por áreas como o teatro, a dança, a pintura, a escultura e a fotografia.
Muito importante pareceu-me ser também o comentário do Presidente da Câmara de Ponte de Sôr, João Taveira Pinto, ao afirmar que pretende “que o projecto constitua uma tentativa de interacção do espaço cultural com as escolas do concelho, através da realização de workshops direccionados para as crianças, servindo como ferramenta para que comecem a perceber desde muito cedo a importância da cultura nas suas vidas”.
A obra está feita, as ideias estão lançadas, compete agora aos responsáveis e respectivos colaboradores o cumprimento dos propósitos que estiveram na origem deste projecto.
Mas mais importante ainda, compete á população em geral, e á de Ponte de Sôr em particular, o pleno usufruto desta infra-estrutura por forma a que a Educação e a Cultura se constituam como os pilares das futuras gerações.

4 comentários:

  1. Eduardo, por acaso estou com alguma curiosidade e, muito em breve, irei fazer uma visita ao centro.
    Aproveito para dar nota, a quem não conheça, que a cidade dispõe de um espaço muito agradável, na margem do rio Sôr, onde se podem passar bons momentos.

    um abraço

    ResponderEliminar
  2. Eduardo,
    Há,de facto, câmaras que são muito bem geridas. Aliás, pela minha própria experiência no campo cultural, há câmaras que fazem muito mais que o governo central. Pelo que vi de Ponto de Sôr parece-me que será um desses casos.
    Ainda terei que ir lá um dia vasculhar casas, pois parece-me uma zona agradável para morar.

    ResponderEliminar
  3. Paulo,
    é verdade sim senhor, tem uma zona ribeirinha, cada vez melhor apetrechada, onde é muito agradável passar um bom bocado. Tem inclusivamente um anfiteatro ao ar livre que tem servido para concertos do festival 7 sois 7 luas (que acabou por dar nome ao centro) que é uma delicia.

    Rui,
    tu livra-te do frio dai e vai para a Ponte de Sôr !
    Assim ao menos via-te aos fds.

    ResponderEliminar
  4. E ainda, para quem gosta: Cidade Plana =Bicicleta.

    ResponderEliminar